Resenha – Livro ‘Condenada’

RESENHA - LIVRO CONDENADA.jpg

  O livro “Condenada” de Chuck Palahniuk conta a história de Madison Spencer, uma menina de treze anos que morreu por overdose de maconha – ou quase isso – e está no inferno. Após fumar maconha e jogar o tal jogo do malho, com seu primeiro amor e irmão bastardo ao mesmo tempo, Goran, Maddy foi levada ao inferno de Lincoln Town Car preto, pelo próprio Diabo. Ao contrário do que possa parecer, e antes que vocês se assustem, o livro não é de terror, mas quem não gosta de mexer com esses assuntos é bom deixar essa leitura de lado. Ao chegar no inferno, Maddy é levada para uma cela, ao lado de vários outros condenados. Uma coisa legal nesse livro, é que autor retratou o inferno de uma maneira nunca vista antes. Aqui em Condenada o inferno possui um rio de vômito fervente, um mar de insetos, um vale de fraldas descartáveis e grandes planícies de caco de vidro. Meio nojento, mas não dá pra negar que ao mesmo tempo é interessante.

  Maddy conhece logo de cara  Babbete, uma líder de torcida que usa sapatos falsos, Patterson, um atleta, Leonard, um nerd, e Archer, um punk. E juntos vivem algumas aventuras nas profundezas escaldantes do inferno. Maddy até arruma um emprego – sim, outra coisa legal do livro, colocar situações “normais” como se fizessem parte do submundo. Chuck faz uma aproximação do inferno com a terra, de uma maneira incrível. – de telemarketing, fazendo ligações para a terra, simplesmente para atrapalhar o jantar de alguém, oferendo serviços ou fazendo pesquisas de produtos completamente irrelevantes pra quem está morto. Assim, ela convence algumas pessoas, que já estão a beira da morte, garantirem seu lugarzinho no inferno (coisa que o livro mostra ser muito fácil). Nisso, ela até consegue falar novamente com seus pais e arruma uma melhor amiga, Emily, que logo se juntaria à ela.

CONDENADA CHUCK PALAHNIUK.jpg

  Maddy era uma menina insegura, e decide deixar isso de lado. Ao lado de seu amigo Archer, parte para uma missão enfrentando grandes personalidades que também foram parar no inferno, como Hitler e Catarina de Médici. Ela ainda enfrenta um demônio por simples interesse de poder e reconhecimento nas terras obscuras e reencontra seu amado, Goran, que por uma infelicidade – ou não – do destino, também fora parar no inferno.

  Tudo ia muito bem, até ela receber a visita de ninguém menos que o senhor Satã – como ela mesma chama o Diabo – e descobrir que ele próprio a criou! Sim Maddison Spencer podia ser criação do aclamado senhor das trevas. Mas será que isso é verdade, ou o príncipe das mentiras estava só querendo confundir a cabeça da pobre recém Condenada? Pra confundir e instigar ainda mais a pequena Maddy – e os leitores – Babbete lhe dá uma notícia um tanto quanto inesperada. O teste que ela fez assim que chegou às profundezas malígnas, para saber se ela realmente tinha sido condenada por toda eternidade, havia chegado. E ele revelava que tudo não passou de um engano e ela deveria estar no Céu.

  Maddy sente-se frustrada. Fez amigos, conseguiu uma melhor amiga, reencontrou seu amado, tinha tudo o que queria, e descobre que aquele não é o seu lugar. O livro acaba nos deixando essas questões. O que vai acontecer com a pequena Madison? Será que ela vai escolher ficar no inferno ou vai querer ir pro céu? Creio e espero descobrir as respostas no segundo livro, “Maldita”.

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha – Livro ‘Condenada’

Me conte o que achou...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s