Resenha – O Orfanato da Srta Peregrine Para Crianças Peculiares

RESENHA - O ORFANATO DA SRTA PEREGRINE PARA CRIANÇAS PECULIARES.jpg

Queria começar essa resenha agradecendo Ranson Riggs pela história maravilhosa, Tim Burton por levá-la às telonas, e a minha prima Juliana pelo presente de aniversário maravilhoso ❤

  Fazia muuuuito tempo que eu não lia um livro que me deixava conectada com a história do início ao fim! Sabe aquela trama que te prende desde o começo, que te faz comer o livro, ler cada página com mais e mais vontade, que te deixa louco pra saber o que vai acontecer? O Orfanato da Srta Peregrine Para Crianças Peculiares é assim. O livro conta a história de Jacob, um adolescente que cresceu ouvindo as histórias incríveis de crianças com super poderes que seu amado avó Abraham Portman lhe contava. Nelas, tinham crianças que flutuavam, crianças invisíveis e com uma força extraordinária. Jake cresceu, e descobriu que na verdade as histórias não passavam de uma invenção de seu avó, que teve um passado horrível! Seu avó tinha ataques de pânico constantes, onde monstros vinham persegui-lo para lhe matar. Mas sua família enxergava esses ataques como um trauma das coisas horríveis que sofrera durante a guerra.

  Certa tarde, após um telefone de seu avó, que estava tendo outro ataque de pânico, Jake tem sua vida virada de cabeça para baixo. O garoto encontra o avó na floresta, perto da casa do velho, morrendo. O avó de Jake fora atacado por algo, estava completamente ensaguentado, fraco, jogado no chão da floresta. Ao ver seu neto ele pede que Jake tome cuidado, que fuja para a famosa ilha da qual ele sempre falava. Ele pedia pro neto sair da cidade, ir procurar Ave, na Fenda! Jake promete que irá até lá, e depois dessas palavras confusas, seu avó morre. Além de tudo em certo momento Jake vê no meio das árvores um ser estranho de olhos negros e línguas de enguias, que o atormentaria em seus pesadelos e colocaria sua vida em risco posteriormente.

  É claro que todo esse acontecimento deixa o pobre Jacob traumatizado, mas ele acredita que aquela criatura que ela avistara na floresta, a mesma criatura que avó tanto mencionava nas histórias e alegava que queria matá-lo era real, não fruto do seu trauma. Isso o leva ao Doutor Golan. Um psicólogo bonzinho e amável (sqn) que ajuda Jake com o trauma vivido. O garoto quer muito ir à ilha que seu avó mencionara nas últimas palavras e após Dr Golan apoiar a ideia, Jake seu pai partem para Cairnholm.

  Chegando na ilha, Jake aproveita que seu pai está curioso com os pássaros que vivem no local (mais um projeto louco de seu pai), e o garoto vai investigar a ilha. Ele parte em busca do orfanato onde seu avó viveu. Ao chegar lá, ele encontra uma casa em ruínas. Alguns moradores da cidade contaram à ele, que todos que moravam lá haviam morrido quando uma bomba atingiu a casa durante a segunda guerra mundial. Jake entra na casa vazia vasculha tudo, e após horas sem encontrar nada, ele volta para hotel onde estava hospedado.

  Ainda sentindo que havia algo que havia passado batido, ele retorna a casa no dia seguinte, e para sua surpresa Jake encontra uma garota, Emma, que ele logo reconhece das fotografias que seu avó lhe mostrava. Ela tenta fugir, porém Jake a segue, e após passar por uma fenda estranha, ele descobre que, ao passar por lá, foi parar no dia 3 de setembro de 1940! Ele descobre que as crianças com poderes das histórias do seu avó eram reais, os monstros também, e seu psicólogo não é quem ele pensava ser. Jake descobre ser igual àquelas crianças, e que o monstro que matou seu avó está atrás dele agora. E para salvar a si mesmo, seus novos amigos e manter sua família em segurança, ele teria de abandonar sua vida e partir numa missão com aquelas crianças.

  O Orfanato da Srta Peregrine Para Crianças Peculiares é o primeiro de uma trilogia, sua segunda e terceira edição são respectivamente Cidade dos Etéreos e Biblioteca de almas. A estreia do filme intitulado O Lar das crianças peculiares estreou dia 29/09/16!

RESENHA - O ORFANATO DA SRTA PEREGRINE PARA CRIANÇAS PECULIARES I.jpg

  Além do mistério e do suspense, o livro contém fotografias reais, que ilustram a trama e deixam tudo mais dramático e incrível. Ela contém aquele ar infantil e de terror que encontramos em todas as criações de Tim Burton (tanto que é ele quem está dirigindo o filme 🙂 ). O fato de livro ter continuação me deixa mega feliz, porque histórias únicas e incríveis como essa, merecem e devem durar mais! O que me deixa maravilhada com criações assim, é que você encontra de tudo em uma história só. Então se você está procurando um livro fora do comum, divertido, com uma pitada sútil de romance, muito mistério, um pouco de terror e que vai te prender do início ao fim, você achou!

  Agora me conta aqui nos comentários se você já leu o livro, o que achou, se ainda vai ler… Quero saber tudo!

Anúncios

6 comentários sobre “Resenha – O Orfanato da Srta Peregrine Para Crianças Peculiares

  1. Eu amei esse livro, Lully!
    Achei ele fácil de ler, sem enrolação, mas com ótimos personagens.. Coisas diferentes do que a gente tá acostumada a ler na ficção né?!

    Amei sua resenha!
    beijos♥

    Curtir

Me conte o que achou...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s