Resenha: 13 Reasons Why (Minha Opinião)

Resenha-13-Reasons-Why.jpg  Acharam que eu não iria assistir esse fenômeno do netflix? Até parece né. Assim que fiquei sabendo o tema central de 13 Reasons Why, me interessei pela série. Em tempos onde vivemos diariamente com notícias sobre bullying e jovens se suicidando, é de extrema importância ter uma série, algo popular entre os jovens, que trate sobre esse assunto. Mas será que 13 reasons why, é assim tão boa? Continue lendo para saber minha opinião.

  A série começa quando Clay Jensen (Dylen Minnett) recebe fitas com gravações de Hannah Baker (Katherine Langford), onde ela conta os 13 motivos que lhe fizeram tirar a própria vida. Primeiro; a série é cansativa. Os fanáticos que me perdoem, mas 13 horas (13 episódios com um pouco mais de 50 minutos cada), foi demais. Os dois primeiros episódios te prendem completamente, mas quando chegou no meio do quarto eu já estava exausta. Tem muita cena parada e repetida. Quantas mil vezes o Clay perguntou aos porquês, porque ele estava na fita? Tinha necessidade disso tudo? Creio que 13 episódios de 30 minutos era mais do que suficiente.

  Segundo; ainda me questiono pra quem a série foi feita. Para os porquês? Ótimo se foi para eles, a série mostra os efeitos que o bullying causa na vida das pessoas, de maneira escancarada. Agora, se ela foi para as Hannahs, da vida real, então tá tudo errado. Durante toda a série ela busca por ajuda, escreve poemas falando sobre suicídio, carta, conversa com o psicólogo da escola, muda de comportamento, e ninguém faz nada. A mensagem que eles passaram para as verdadeiras Hannahs foi basicamente “não adianta você pedir ajuda, ninguém irá te ouvir, se mata!”.

  A OMS diz que não se deve romantizar o suicídio. Isso foi feito! Eles também alertam que não se deve dar detalhes do porquê, nem como a vítima cometeu o suicídio. Isso também foi feito. Não creio que esses sejam pontos tão negativos, não para mim ou para você, que estamos bem e não temos pensamentos suicidas, e não estamos passando por essa situação. Mas e as Hannahs? Elas são a minha maior preocupação. Assistir as cenas de estupro, me deixou altamente desconfortável. Não acho que o estupro deva ser retratado de maneira leve. Jamais. Mas retratar a cena do suicídio da Hannah da maneira que foi retratada foi um erro. Mostrar “a maneira certa” de rasgar os pulsos para adolescentes que possivelmente estejam passando por situações similares é quase que um assassinato em massa.

  Quero que vocês entendam que para pessoas que estejam com depressão, pensando em se suicidar, sofrendo bullying, se sentindo sozinhas ou em crise, essa série é um prato cheio para que elas atentem contra as próprias vidas.

  Voltando à análise da série… Por que o Clay está nas fitas, se ele não é um dos motivos? Por que todos o enchiam o saco para ele ouvir a própria fita, sendo que a Hannah só falava coisas boas sobre ele? Me parece que a intenção foi apenas ter um motivo para prender o telespectador até que a série se sustentasse “sozinha” (a série só volta a ter ação, depois de revelarem a fita de Clay.).

  Pra ser sincera, mesmo com todos esses pontos, acho 13 Reasons Why uma ótima série. Principalmente se ela for usada com cautela, e assistida com muito cuidado por seus telespectadores. Acho sim que ela poderia ser muito melhor, muita coisa poderia ter sido trabalhada de maneira mais inteligente e focada. Para uma temporada de 13 horas, podemos dizer que apenas metade disso realmente importa. Porém, acredito que existam muitos assuntos a serem trabalhados por ela, não só a questão do suicídio, e espero que a segunda temporada (se tiver) seja mais elaborada.

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha: 13 Reasons Why (Minha Opinião)

  1. Vou assistir este final de semana e te conto o que achei. Gostei de vc pensar em quem depressão e ja pensa sobre isso. Isso eh um assunto muito delicado, pode ajudar ou prejudicar ainda mais ne? Beijos adorei sua abordagem…

    Curtir

  2. Lully, se prepara que vou escrever em letras garrafais: FINALMENTE ALGUÉM TEM A MESMA OPINIÃO QUE EU! hahah Sério, demonstrei várias vezes a “contramão” na qual a série entrou, principalmente nos últimos episódios, e todo mundo só diz que ela é “positiva e que ajuda quem está com problema”. Não mesmo! Achei mesmo que é muito angustiante, principalmente pra quem não tá bem psicologicamente. Tipo, na série mesmo você percebe o mal que as fitas causam, Alex por exemplo, que não era de todo mal, sofre com a vida. E ele também não tinha os próprios problemas? E Jess, não sofreu também com tudo? Acho que a série não é boa nem pra quem está bem consigo, imagina pra quem está mal?
    Acho que meu comentário soou confuso, mas não encontrei na série maneiras de encontrar ajuda pra ninguém!
    Sua resenha foi perfeita!
    Xêro

    Curtir

Me conte o que achou...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s